Lançada há pouco mais de 60 dias, Feira da Agricultura Familiar de São José de Piranhas é modelo para Universidade Federal do Vale do São Francisco - BLOG DO GERALDO ANDRADE

sexta-feira, 5 de novembro de 2021

Lançada há pouco mais de 60 dias, Feira da Agricultura Familiar de São José de Piranhas é modelo para Universidade Federal do Vale do São Francisco

 

Lançada no dia 23 de setembro deste ano, e há pouco mais de 60 dias da sua fundação, a Feira da Agricultura Familiar José Ribeiro Campos, de São José de Piranhas, já é modelo para outras regiões do Nordeste banhadas pelas águas do Rio São Francisco.


- PUBLICIDADE -


A feira é uma realidade no município, e representantes da Universidade Federal do Vale do São Francisco (UNIVASF), visitaram nesta quinta-feira (04) a cidade sertaneja para comprovar o sucesso do empreendimento.


Segundo o secretário municipal de administração, Tiago Sobral, o objetivo da feira é fortalecer a agricultura familiar e dar condições para que os produtores possam vender sua produção, além de incentivar a população a adquirir alimentos saudáveis, vindos direto do campo e das vilas produtivas rurais construídas pelo Projeto São Francisco.


O projeto que já está gerando bons resultados foi iniciado com 21 produtores, que foram afetadas com as obras das barragens da transposição no município, os chamados ribeirinhos. Esses produtores plantam alimentos orgânicos, livres de agrotóxicos e vendem produtos feitos pelas próprias famílias, como doces, bolos e outros.


E para conhecer melhor a Feira da Agricultura Familiar, uma equipe multidisciplinar da UNIVASF, que está atuando nos eixos de capacitação e inserção sócio-produtiva das famílias reassentadas nas Vilas Produtivas Rurais do Projeto de Integração do Rio São Francisco – PISF, esteve na cidade.


“Estivemos com a equipe da UNIVASF na feira da agricultura familiar de São José de Piranhas e ficamos muito entusiasmados com o que vimos, muito significativo esse apoio que as famílias das vilas do PISF vem recebendo da prefeitura para comercialização da sua produção, pois esse estímulo é muito importante para que os seus produtos sejam conhecidos e possam ganhar espaço no comércio local, pois são produtos de muita qualidade e de muita representatividade, o nosso desejo é que a feira possa se fortalecer e nós da UNIVASF estamos a disposição para apoiar as ações que estão em desenvolvimento”, destacou Illeanna Medeiros, Diretora do Projeto.


Composição da equipe:

Karla Amariz – Equipe Técnica – Eng. Agrônoma;

Daniel Leite – Equipe Técnica – Eng. Agrônomo;

Adriano Silva – Equipe Técnica – Eng. Agrônomo;

Andrea Aquino – Equipe Técnica – Assistente Social;

Pedro Medeiros – professor pesquisador- Eng. Agrônomo;

Leonardo Cavancanti – Coordenador – Eng. Agrônomo;

Illeanna Medeiros – Diretora de projeto – Advogada;

Cordeiro Neto – Professor Pesquisador – Economista;

Paulo Rocha – Aluno bolsista – Eng. Agrícola e Ambiental.


 Fonte: Radar Sertanejo