Vieiropolense Larissa Furtado de Abrantes, filha do empresário Ze de Rosa e Lucicleide Souto Furtado de Abrantes é aprovada em segundo lugar em Medicina na UFCG. - BLOG DO GERALDO ANDRADE

sábado, 17 de abril de 2021

Vieiropolense Larissa Furtado de Abrantes, filha do empresário Ze de Rosa e Lucicleide Souto Furtado de Abrantes é aprovada em segundo lugar em Medicina na UFCG.

 

A estudante vieiropolense Larissa Furtado de Abrantes (19), foi aprovada em segundo lugar para o curso de Medicina da Universidade Federal de Campina Grande (UFCG), Campus de Cajazeiras.


A futura médica é  filha do empresário José Gabriel de Abrantes (Ze de Rosa) e Lucineide  Souto Furtado de Abrantes (Galega), residentes na Comunidade de Caiçara-Vieirópolis.


Larissa Furtado de Abrantes é neta do comerciante Antônio Gabriel da Costa e Francisca Emídio Gabriel da Costa e do produtor rural Valdemiro Souto de Oliveira e Francisca Maria de Oliveira.


A estudante Larissa Furtado de Abrantes estudou na Escola Estadual de Ensino Médio Maria Moreira Pinto em Vieiropolis.


Segundo Larissa, Medicina na UFCG era seu objetivo: “Sempre quis estudar lá. Foi a realização de um sonho”.

Mas não pense que a conquista foi sem longas “horas dedicadas ao estudo e muito sono perdido”.


Com o apoio da família, empenho dos professores e um grande esforço pessoal, a jovem Larissa Furtado de Abrantes manteve o foco nos estudos e conseguiu a tão sonhada aprovação.


"Hoje é um grande dia, para você Larissa e também para todos nós, que acompanhamos toda sua trajetória e esforço para chegar até aqui.

É dia de comemorar a conquista de alguém que com muita garra e determinação inicia uma nova caminhada.É o fim  de duros dias de insônia, ansiedade e incerteza e o início da preparação para uma carreira brilhante!

Sua aprovação não foi por sorte, nem por acaso. É o resultado de muito esforço, empregado em sua busca incansável pela realização de um sonho", disseram emocionados os pais Ze de Rosa e Lucineide Souto Furtado de Abrantes.


"Vejo na medicina a possibilidade de ajudar outra pessoa, de ser humano, de cumprir um papel com a sociedade. Com a Covid-19 a gente viu o quanto os profissionais de saúde são essenciais para a sociedade. Quero ajudar a tornar a vida do outro melhor”, explicou Larissa Furtado de Abrantes.



Abdias Duque de Abrantes 

Jornalista DRT-PB 604

Blog do Geraldo Andrade