Ministério Público da Paraíba instaura inquérito para investigar ex-presidente da Câmara de Triunfo por supostas irregularidades - BLOG DO GERALDO ANDRADE

sexta-feira, 14 de fevereiro de 2020

Ministério Público da Paraíba instaura inquérito para investigar ex-presidente da Câmara de Triunfo por supostas irregularidades



O Ministério Público está investigando o ex-presidente da Câmara Municipal de Triunfo, Joaquim Feitosa, mais conhecido como Júnior Glória (PSB) por contratar a empresa do atual presidente da Câmara Dirceu Batista Macena, sem licitação ou procedimento de dispensa , para realizar serviços de manutenção e reparo na rede de telecomunicação da Casa Legislativa.

Ainda, segundo a denúncia, Júnior Glória praticou também nepotismo com a contratação de um sobrinho, Ricardo Richely Feitosa Teixeira.

Há ainda relatos de gastos vultuosos com aquisição de material de consumo, além de despesas pessoais irregulares.

A denuncia foi formulada ao Tribunal de Contas do Estado e ao Ministério Público da Paraíba e duas pessoas residentes em Triunfo foram arroladas como testemunhas.

De acordo com o despacho de instauração do inquérito, assinado pela promotora Flávia Cesarino de Sousa Benigno, responsável pela Promotoria de Justiça Cumulativa de São João do Rio do Peixe, a empresa “TELELIGUE” possui em seu quadro, figurando como sócio e representante, Dirceu Batista de Macena que recebeu além de recursos pagos a “TELELIGUE” subsídios exerceu cargo comissionado no Legislativo do município.

Na denúncia também se configura a solicitação de informações dos altos gastos com combustíveis, sendo gastos no ano de 2015 uma cifra de R$ 7.435,62, sem que a câmara tivesse um só veículo e que se havia algum contrato de locação.

PARA TER ACESSO AO DOCUMENTO DO MINISTÉRIO PÚBLICO CLIQUE NO LINK A SEGUIR: 

MINISTÉRIO PÚBLICO – PROMOTORIA DE JUSTIÇA DE SÃO JOÃO DO RIO DO PEIXE

Júnior Gloria tem oito dias úteis para encaminhar à promotoria todas as cópias de empenhos, ordens de serviço e procedimento licitatório. Ele, seu suposto sobrinho e a empresa de Dirceu Batista Macena, atual presidente da Câmara, figuram como investigados no inquérito que apura as suspeitas de improbidade administrativa.

O QUE DIZEM OS CITADOS?

O ex-presidente da Câmara de Triunfo, Júnior Glória em contato ao autor do blog disse que o Ministério Público já deu um parecer favorável a aprovação de suas contas, e que está esperando o resultado final. Ele ainda ressaltou que está tranquilo pois não cometeu nenhuma irregularidade.

Já o atual presidente do Poder Legislativo Dirceu Batista divulgou uma nota de esclarecimento sobre a denúncia.



Fonte: Blog  do José Neto