Câmara de Vereadores de Uiraúna realizou na noite desta ultima Segunda-feira 03, à 11ª sessão ordinária do ano 2019. - BLOG DO GERALDO ANDRADE

terça-feira, 4 de junho de 2019

Câmara de Vereadores de Uiraúna realizou na noite desta ultima Segunda-feira 03, à 11ª sessão ordinária do ano 2019.



A Câmara Municipal de Uiraúna realizou na noite desta ultima Segunda-feira 03, sob o comando do Presidente Amilton Fernandes, à 11ª sessão ordinária do ano 2019.

Os parlamentares também debateram diversos assuntos de importância da população Uiraunense, o vereador Ciro Figueiredo pediu ao município à construção de lombadas na principal avenida do Bairro Bela Vista, Benevenuto Claudino solicitou a construção de uma faixa de pedestre elevada, em frente à escola do Professor Manuel, onde funciona hoje algumas instalações da Escola Dr.Jose Duarte Filho, o parlamentar também lembrou que o Governador João Azevedo garantiu ao grupo de oposição a inauguração do Matadouro Regional, localizado em Uiraúna.

Os vereadores do grupo de situação, entre eles o líder da bancada, Chico Bacatela falou sobre o encontro com Wilson Filho na manhã da última segunda-feira 03, o vereador disse que o Deputado se comprometeu a resolver junto a João Azevedo a Inauguração do novo Abatedouro e a reabertura do Banco do Brasil.

O clima esquentou na sessão quando o vereador Amilton Fernandes em sua fala na tribuna, disse que o atual gestor negou uma ambulância à um parlamentar da sua base política, para deslocar uma paciente que estaria doente, mesmo sem citar nomes, fez com quê Zé Fernandes se alterasse, vindo a perguntar se o Presidente da Casa Olinto Pinheiro estaria se referindo ao mesmo, onde Amilton após ser indagado confirmou que realmente estava se referindo ao parlamentar, Zé negou a informação, já Amilton reafirmou falando que foi uma pessoa da própria família dele que lhe repassou a informação.

Amilton continuou com sua fala dizendo que os parlamentares da situação são culpados da construção de um aeródromo, obra essa que deveria ter sido terminada no no mês de Novembro de 2018, que segundo o mesmo não Vai trazer nenhum benefício, pois em Uiraúna não existe ninguém com condições de comprar um avião de pequeno porte, o mesmo disse que a obra não passou da terra planagem até o início do atual mês de Junho de 2019, segundo o presidente, o dinheiro da verba veio para infraestrutura, e podia ter sido enviado para qualquer outra obra que trouxesse benefício a população Uiraunense, e que a verba só foi para a construção do aeródromo por conta que os parlamentares da situação por maioria de votos, votaram à favor do projeto.

O único vereador á não comparecer à sessão foi o Ex-presidente, Neto de M


Fonte: Uiraúna em foco