VÍDEO: Júnior Araújo diz que Zé Aldemir tem ‘currículo de traições’ e o governador deve distinguir os aliados - BLOG DO GERALDO ANDRADE

quarta-feira, 14 de dezembro de 2022

VÍDEO: Júnior Araújo diz que Zé Aldemir tem ‘currículo de traições’ e o governador deve distinguir os aliados

 Por Jocivan Pinheiro

14/12/2022 às 16h17 • atualizado em 14/12/2022 às 16h18


Durante entrevista para a TV Diário do Sertão, o deputado estadual Júnior Araújo (PSB) contra-atacou o prefeito de Cajazeiras, Zé Aldemir (PP), que teria o chamado de ‘oportunista’ por causa de uma suposta aproximação entre Júnior e o então candidato a governador Pedro Cunha Lima (PSDB) no segundo turno das Eleições 2022.

Júnior Araújo é aliado do governador João Azevêdo (PSB), que naquela ocasião disputava a reeleição contra Pedro. Após circular nos bastidores uma informação de que Júnior poderia romper com João para declarar apoio a Pedro, o deputado foi taxado de ‘traidor’ por alguns adversários. Ele rebateu essas acusações e disse que quem tem ‘currículo de traições’ é o prefeito Zé Aldemir.

“Quem disso cuida, disso usa. Quem conhece a minha história sabe que eu não tenho essa história de ‘em cima do muro’. Ninguém viu esse prefeito no primeiro turno, não tinha um único carro dele adesivado com o Governo do Estado da Paraíba. Ele é que tem na sua ficha corrida uma história de traição. [Tarcísio] Burity, que infelizmente não está mais em vida, sabe a traição que esse cidadão fez quando ele teve um problema pessoal, familiar, e [Burity] prestou toda assistência naquela oportunidade. Estamos falando aqui de investimento que talvez fosse o valor de um FPM [Fundo de Participação dos Municípios] da cidade de Cajazeiras, que foi investido em um ente da sua família e que ele, na primeira oportunidade que teve, apunhalou o ex-governador Burity. Fez isso com Carlos Antônio [ex-prefeito de Cajazeiras], com Airton Pires [ex-prefeito de São João do Rio do Peixe], com Luiz Claudino [prefeito de São João do Rio do Peixe], com Espedito Filho [prefeito de Triunfo], com o ex-senador [José] Maranhão, com o ex-senador Cássio Cunha Lima. Ele, sim, é quem tem no seu currículo um histórico de traição”, disse o deputado.


Devido à aliança firmada entre o PP e o governador João Azevêdo nas Eleições 2022, o prefeito Zé Aldemir e a sua esposa, a deputada estadual Dra. Paula, hoje são considerados também aliados do governo. Mas Júnior Araújo mandou um recado ao governador.

“Vou continuar fazendo meu trabalho. Nós estamos aqui desde o primeiro momento. Eles chegam agora, e aí cabe ao governador fazer as suas distinções de quem realmente é aliado, de quem realmente esteve com ele nos momentos de dificuldades”, alertou o deputado.


Fonte: Diário do Sertão