CRISE: Cajazeiras tem mais um bloqueio no FPM por atraso do INSS e prejuízo com multas já se aproxima de R$ 200 mil só em 2022 - BLOG DO GERALDO ANDRADE

sexta-feira, 10 de junho de 2022

CRISE: Cajazeiras tem mais um bloqueio no FPM por atraso do INSS e prejuízo com multas já se aproxima de R$ 200 mil só em 2022




 A gestão do prefeito José Aldemir continua enfrentando dificuldades para gerir a crise financeira instalada nos cofres públicos de Cajazeiras. O último repasse do FPM trouxe mais uma bloqueio de mais de R$ 450 mil para cobrir atraso no recolhimento do INSS e o prejuízo com o pagamento apenas com multas por inadimplência já supera os R$ 185 mil somento no exercício de 2022.


Além de não vir cumprindo com o recolhimento em dia do INSS, Cajazeiras também vive a ameaça constante de um colapso na previdência municipal. O IPAM teve as suas reservas utilizadas para quitar dívidas do município junto à União e a folha do Instituto vem sendo custeada basicamente com o recolhimento mensal. Sem reserva, qualquer atraso no repasse para o IPAM poderá implicar em atraso no pagamento de aposentados e pensionistas.


A gestão de José Aldemir também tem enfrentado dificuldade para custear a folha da Secretaria Municipal de Saúde, além de contratados e comissionados de outras pastas. A folha destes servidores têm sido paga constatimente em atraso e a gestão tem transferido a culpa para o Governo Federal.