CAPS de São José de Piranhas promove ações durante Semana da Luta Antimanicomial - BLOG DO GERALDO ANDRADE

sexta-feira, 20 de maio de 2022

CAPS de São José de Piranhas promove ações durante Semana da Luta Antimanicomial

 

Fone: Radar Sertanejo

O Centro de Atenção Psicossocial Socorro Batista (CAPS-I) da cidade de São José de Piranhas promoveu de 16 a 20 de maio a Semana da Luta Antimanicomial, desenvolvendo ações no município acerca da conscientização, respeito, compreensão e inclusão social às pessoas com sofrimento mental.

- PA Luta Antimanicomial tem objetivo de assegurar o direito do cuidado em liberdade das pessoas que sofrem algum transtorno mental e pelo fim da Logic manicomial.

Ações realizadas

Na segunda-feira (16/05) — Panfletagem na feira livre afim de trazer aos munícipes informações sobre a saúde mental, luta antimanicomial e serviços prestados no CAPS-I.

Na terça-feira (17/05) — Foi realizada uma roda de conversa com os usuários sobre o olhar dos mesmos acerca da importância dos serviços prestados no CAPS e o feedback sobre suas próprias vivências.

Já na quarta-feira (18/05) — Oficina de pintura pela manhã e a Tarde de Beleza para os usuários dispondo dos serviços de manicure, maquiadora e cabeleireira com o intuito de promover mais autonomia e autoestima. Essa ação foi desenvolvida na data em que é comemorado nacionalmente o dia da Luta Antimanicomial.

Na quinta-feira (20/05) — Foi ofertado uma palestra para os pais acerca do tema: Maio Laranja em combate ao abuso e a exploração sexual contra crianças e adolescentes e cinema para as crianças com o Filme Divertidamente.

O encerramento aconteceu nesta sexta-feira (20/05) com a participação do prefeito Bal Lins, secretárias de saúde (Neuma Cavalcanti), Ação Social (Nil Braz), Cultura (Ernestina), coordenadora do CAPS (Karla), toda a equipe CAPS, usuários e cuidadores. Na ocasião, houve a exposição de todos os trabalhos realizados durante a semana e em seguida foi ofertado um coffee break.

Veja fotos na galeria

Em nome da equipe e usuários do Centro de Atenção Psicossocial Socorro Batista (CAPS- I SJP) a coordenadora agradeceu a todos que se fizeram presentes. “Juntos por liberdade, tratamento humanizado e garantia de direitos”, concluiu.