BRIGA PELO SENADO: Aguinaldo e Efraim trocam indiretas na disputa por uma vaga na chapa de Azevêdo: “Não tenho medo de enfrentar” - BLOG DO GERALDO ANDRADE

sexta-feira, 5 de novembro de 2021

BRIGA PELO SENADO: Aguinaldo e Efraim trocam indiretas na disputa por uma vaga na chapa de Azevêdo: “Não tenho medo de enfrentar”

 


A disputa pela vaga de senador na chapa majoritária do governador João Azevêdo (Cidadania) para as eleições do próximo ano está ficando cada vez mais quente. Em evento no auditório da Fiep, em Campina Grande, nesta sexta-feira (5), os deputados Efraim Filho (DEM) e Aguinaldo Ribeiro (PP), que disputam a vaga, trocaram indiretas sobre a escolha que deverá ser feita por Azevêdo.


Questionado pela imprensa local sobre a disputa contra Aguinaldo, Efraim respondeu que não tem dificuldade de enfrentar o colega parlamentar na disputa pela vaga no Senado. “Se o critério for voto, estou dentro. Não tenho medo de enfrentar Aguinaldo nas urnas”, disse.


“O governador vai ter um critério para fazer essa escolha. Se for voto, estou dentro. Se for o apoio da base, a maioria dos prefeitos já preferem o nosso nome. Se for lealdade, desde o primeiro momento, estamos juntos desse grupo. Nós votamos no governador, Aguinaldo não”, disse Efraim sobre o processo de escolha por parte de João.


Já Aguinaldo disse que não está preocupado com a formação da chapa majoritária neste momento, seguindo o mesmo alinhamento do governador João Azevêdo, que diz que a discussão sobre a chapa acontecerá apenas em 2022. Ele ainda deu a entender que Efraim não possui o comando do seu partido na Paraíba, uma vez que o Democratas irá se fundir com o PSL.


“Não tenho preocupação com ninguém, respeito todo mundo, mas minha trajetória é de se construir política no diálogo. O governador já se posicionou quanto a isso, e até nisso, estou sintonizado com o que o governador pensa. Ele disse que não é hora de tratar esses temas”, disse.


Nosso projeto não é pessoal, é partidário. E nós temos partido para trabalhar. Temos o prefeito de João Pessoa, Cícero Lucena, de Santa Rita, Emerson Panta, de Cajazeiras, Zé Aldemir. O PP é grande”, continuou.






Fonte: Polêmica Paraíba

Créditos: Polêmica Paraíba