A história do ex-prefeito de Triunfo-PB, Doutorzinho - BLOG DO GERALDO ANDRADE

domingo, 24 de outubro de 2021

A história do ex-prefeito de Triunfo-PB, Doutorzinho

 

O líder político e ex-prefeito de Triunfo-PB, 

João Evangelista Duarte (Doutorzinho), nasceu no dia 23 de junho de 1937, na Comunidade de

Casas Velhas, zona rural de São João do Rio do Peixe (PB). Ainda jovem, adotou a cidade de Triunfo como a sua terra, onde passou a praticar,  mesmo sem ter graduação, atividades de "médico", "dentista" e "protético". 


Em Triunfo casou-se, aos vinte e quatro anos de idade, com a Sra. Maria do Socorro Adriano. Desta união nasceram seis filhos. Desta união nasceram 5 filhos (Nadinho, Belinha, Lisberto, Laércio e Lais), logo em seguida ele casou-se pela segunda vez com Francisca Anacleto da Silva onde teve mais um filho (João Evangelista Filho).


Em função da assistência que prestava ao povo na área da saúde tornou-se um dos maiores líderes da história política de Triunfo.


Foi exibida uma matéria em outubro de 1980, no Programa Fantástico da Rede Globo, contando a história do fenômeno que foi Doutorzinho. 


 Em 1969 João Evangelista Duarte (Doutorzinho) disputou o cargo de prefeito de Triunfo pela Arena 2. Teve como companheiro de chapa João Mangueira Andrade. Obtiveram 678 votos, 53,64% dos votos válidos. Doutorzinho foi eleito.


Na eleição de 1976 Doutorzinho disputa o cargo de chefe do Poder Executivo pela Arena 1 tendo como vice-prefeito, Cícero José da Silva. Obteve 1.632 votos, 57,16% dos votos. Foi vitorioso.


No pleito de 1988 João Evangelista Duarte disputou pelo PMDB novamente o cargo de prefeito municipal tendo como companheiro de chapa, o empresário João Bosco Alves da Costa "in memoriam.


Em 1988, Doutorzinho teve como adversária a Dra. Maria Adélia de Abrantes do PFL, filha do saudoso ex-vice-prefeito de Bernardino Batista, Antônio Estrela de Abrantes e sobrinha do saudoso ex-prefeito de Triunfo, Zé  Bernardino. Foi uma eleição bastante concorrida.


Doutorzinho obteve 2.071 votos, 50,11% dos votos válidos enquanto Dra. Maria Adélia Abrantes obteve a expressiva votação de 2.062  votos, 49,89% dos votos válidos. Doutorzinho ganhou a eleição por apenas nove votos.


Dra. Maria Adélia Abrantes quase sepulta o reinado do líder Doutorzinho.


Na eleição de 1996 João Evangelista Duarte disputa o cargo de prefeito pelo PMDB tendo como candidato a vice-prefeito, Ednaldo Mangueira de Sousa. A chapa obtém 2.176 votos, 49,25 dos votos válidos.


Doutorzinho teve como adversário o  carismatico ex-vereador João Pereira Júnior (João Coragem) do PPB tendo como vice-prefeita Francisca Quaresma Dantas.


João Coragem obteve 2.242 votos, 50,75% dos votos válidos.


Por uma diferença de sessenta e seis votos João Coragem "in memoriam" é  eleito prefeito constitucional de Triunfo e encerra o reinado da liderança política triunfense, Doutorzinho.


O ex-prefeito Doutorzinho era uma pessoa de uma alegria fraterna e carisma singular. 


Seu carisma, o amor aos menos favorecidos  e sua fé serão sempre lembrados, com carinho, pelos amigos que fez ao longo da jornada.


Era uma figura bastante popular, querida e sensível e, principalmente, ligada aos mais carentes. Faleceu em março de 1999.


Abdias Duque de Abrantes

Advogado, jornalista e pós-graduado em Direito e Processo do Trabalho pela Universidade Potiguar (UnP), que integra a Laureate International Universities.

Blog do Geraldo Andrade