A história do ex-prefeito  do Município de Triunfo, Ze Bernardino, que lutou pela independência política de Bernardino Batista - BLOG DO GERALDO ANDRADE

quarta-feira, 14 de julho de 2021

A história do ex-prefeito  do Município de Triunfo, Ze Bernardino, que lutou pela independência política de Bernardino Batista

 

O saudoso líder político e ex-prefeito de Triunfo-PB, José Bernardino Batista (Zé Bernardino) nasceu em 03/04/1926 e faleceu em 10/03/2003.


Casou -se com a Sra. Maria das Dores de Sousa (Tiva Bernardino), tia do líder político e presidente do Diretório Municipal do Solidariedade de Poço Dantas, empresário Zé  Almeida.


Da união conjugal nasceram quatorze filhos, sendo seis homens e oito mulheres. Cinco filhos são falecidos.


O filho  de Zé Bernardino,  Joaquim Bernardino de Sousa foi vereador em Triunfo. O filho Nobelino Pereira Neto foi vereador em Bernardino Batista.


A graduada  em Geografia pela Universidade Regional do Cariri (2009), Pós-Graduada em Metodologia do Ensino pelo ISEC - FASP (Instituto Superior de Ensino de Cajazeiras - Faculdade São Francisco da Paraíba), Graduada em Ciência Jurídicas e Sociais (Direito) pela Faculdade de Filosofia, Ciências e Letra de Cajazeiras (FAFIC), Pós-graduada em Direito do Trabalho e Direito Previdênciario, pela Universidade Regional do Cariri (URCA), Thinaly Suellen Sousa Machado (Thinaly Bernardino), neta de Zé Bernardino, foi eleita vereadora no último pleito em Triunfo pelo PTB.


Zé  Bernardino foi agropecuarista, senhor de engenho e  prefeito por duas vezes no Município de Triunfo.


Era irmão do saudoso ex-vereador de Triunfo-PB e líder político, Albuino Bernardino.


Na eleição de 1972,  Zé Bernardino foi eleito prefeito constitucional de Triunfo-PB pela ARENA, tendo como vice-prefeito Francisco Xavier de Lima, obtendo 1.423 votos.


No pleito de 1982 Zé Bernardino foi eleito prefeito  de Triunfo pelo PSD1 tendo como vice-prefeito Pedro Trajano de Sousa obtendo 2.248 votos, ou seja, 59, 88% dos votos válidos.


Zé Bernardino era filho de Bernardino José  Batista e Maria da Glória da Conceição. Era neto do Coronel Manoel Egídio dos Santos.


O ex-prefeito Zé  Bernardino era tio do ex-candidato a prefeito, empresário Paulo Estrela, do ex-vereador, Joaquim Estrela Batista (Tino de Albuino) eleito em 1996 pelo PFL, da saudosa ex-vereadora Maria Estrela Filha ( Rosa de Albuino) eleita no pleito de 2000 e do vereador Sebastião Estrela Batista (Bastim de Albuino).


O ex-prefeito era tio dos vereadores Allisson Ruy dos Santos Tomé,  Vicente Egídio Neto (Vicente de Helena), Idiamim Bernardino e Gilberto Egídio e 

dos ex-vereadores Alcineide Egídio Moura, Francisco Gentil de Abrantes (Chico de Gentil) e Del de Gentil.


Zé Bernardino era primo do ex-deputado estadual pelo Estado da Bahia, Dr. Pedro Egídio e do ex-vice-prefeito de Bernardino Batista, Paulo Egídio. Membro dastradicionais famílias Batista e Bernardino.


Zé  Bernardino era  primo do saudoso ex-vice-prefeito Antonio Estrela de Abrantes, dos ex-vereadores José Vicente Egídio, Gonçalo Egídio Barbosa, Antonio Cazuza e Neco Batista.


Tio do ex-senador e deputado federal Wilson Santiago, do deputado estadual, Wilson Filho, do ex-vereador de Uiraúna, José Hilton Santiago, do ex-prefeito de Poço Dantas, Azulão Santiago, da ex-vice-prefeita de Uiraúna, Beunilde Santiago e do ex-vice-prefeito de Poço Dantas, Thiago de Azulão Santiago.


Foi um exemplo de cidadão honrado, trabalhador e identificado com o povo triunfense.


Além de suas realizações e conquistas, Zé Bernardino   será lembrado também pela sua determinação, alegria e força.


Ele teve uma trajetória pública dedicada aos triunfenses e conquistou admiração e respeito do povo de Bernardino Batista.


Zé Bernardino  era sensível, sereno, correto, racional, pragmático e ponderado.


Na eleição de 1996 disputou o cargo de prefeito de Bernardino Batista  pelo PFL obtendo 48,11% dos votos válidos.


Seu pai Bernardino José Batista foi eleito vereador  pelo município de São João do Rio do Peixe. José Bernardino Batista lutou pela independência política do município de Bernardino Batista.


A emancipação política de Bernardino Batista veio pela lei estadual nº 5. 929, de 29 de abril de 1994, desmembrado de Triunfo, durante o governo de  Cícero Lucena.


Zé Bernardino é e sempre será lembrado como uma figura emblemática na vida política de Triunfo e Bernardino Batista.


Abdias Duque de Abrantes

Advogado, jornalista, servidor público e pós-graduado em Direito e Processo do Trabalho pela Universidade Potiguar (UnP), que integra a Laureate International Universities.


Blog do Geraldo Andrade