STF julga hoje se vacina contra Covid-19 no Brasil deve ser obrigatória - BLOG DO GERALDO ANDRADE

quarta-feira, 16 de dezembro de 2020

STF julga hoje se vacina contra Covid-19 no Brasil deve ser obrigatória

 


O Supremo Tribunal Federal (STF) começa a julgar nesta quarta-feira (16) duas ações que discutem a obrigatoriedade da vacinação contra a Covid-19. Ou seja, se alguém pode ser punido ou ter acesso negado a serviços, por exemplo, por não receber as doses.


O julgamento chegou a ser pautado para o plenário virtual do Supremo, com previsão de início na última sexta (11). Uma decisão do presidente do STF, Luiz Fux, levou o tema ao plenário físico, onde o julgamento tem ocorrido por videoconferência.


O relator das ações é o ministro Ricardo Lewandowski. No domingo, o magistrado determinou que o Minisério da Saúde apresentasse as datas de início e término do plano de vacinação do governo.


Em resposta nesta terça (15), o governo não cravou datas, mas disse que a vacinação começa cinco dias após o aval da Anvisa e o recebimento das primeiras doses. Ao todo, a vacinação deve se estender por 16 meses, sendo os quatro primeiros meses voltados à imunização dos grupos prioritários.


O pedido de informações de Lewandowski foi feito no âmbito de duas ações específicas sobre o plano de vacinação. Elas também seriam julgadas nesta semana, mas foram adiadas depois que a Advocacia-Geral da União entregou ao Supremo uma prévia do plano na sexta (11).


O Ministério da Saúde deve divulgar, na manhã desta quarta, a íntegra do plano nacional de imunização.


Esta é a última semana de julgamentos na Corte antes do recesso do Judiciário, que tem início na segunda (20). Depois, apenas decisões urgentes são proferidas pelo presidente do STF.


Fonte:G1