Com Covid-19, bioquímico cajazeirense tem morte cerebral confirmada  - BLOG DO GERALDO ANDRADE

sábado, 12 de dezembro de 2020

Com Covid-19, bioquímico cajazeirense tem morte cerebral confirmada 

 



O bioquímico Ivan Cavalcanti, 66 anos, que estava internado há mais de uma semana com Covid-19, em um hospital particular de João Pessoa, teve morte cerebral confirmada na tarde deste sábado (12).






Segundo informações, a equipe médica ainda realiza algumas manobras do protocolo necessário, mas a morte encefálica está confirmada.




Na madrugada entre quinta-feira (10) e sexta-feira (11), o bioquímico sofreu um AVC, e precisou realizar um procedimento cirúrgico de urgência o que agravou o estado de saúde.




Paraibano de Cajazeiras, filho único de Agostinho (in memorian) e Terezinha Cavalcanti, o bioquímico Ivan Cavalcanti, era casado com Alcineide Mangueira, com quem teve dois filhos e era um dos mais conceituados profissionais do interior do Nordeste. Seus laboratórios, espalhados em cidades da Paraíba e do Ceará, possuem credibilidade e respeito na área de análises clínicas.




No último dia 30 de outubro, Ivan Cavalcanti concedeu sua última entrevista ao programa “Olho Vivo”, da TV Diário do Sertão.










Entenda o caso


De acordo com a família, há cerca de quinze dias Ivan começou a apresentar os primeiros sintomas da Covid-19 e permaneceu em Cajazeiras, mesmo infectado. Sete dias depois, viajou até Juazeiro do Norte, no Ceará, para realizar exames de alta complexidade e com o agravamento do estado de saúde, foi transferido para um hospital particular em João Pessoa.




No último sábado (5), o bioquímico precisou ser intubado, devido ao grau de comprometimento dos pulmões. Ele também apresentou complicações renais, mas não precisou ser submetido a hemodiál



Fonte: Diário do Sertão

Créditos: Diário do Sertão