Lula prendeu o PT e jogou a chave da cadeia fora - BLOG DO GERALDO ANDRADE

segunda-feira, 30 de novembro de 2020

Lula prendeu o PT e jogou a chave da cadeia fora

 


A presidente do PT, Gleisi Hoffmann, tentou relativizar a derrota acachapante do partido nas eleições municipais. Ela disse: “O PT venceu em 4 de 15 cidades no 2º turno (Contagem, Juiz de Fora, Diadema e Mauá) e teve mais de 40% dos votos em 9. Vencemos com o PSOL em Belém, lutamos ao lado de Boulos e Manuela. E o Brasil viu o que fizeram para barrar Marília em Recife. O PT segue junto com o povo”. E continuou: “O 2º turno mostrou que a esquerda sabe lutar. Nosso desempenho nas grandes cidades e a unidade q construímos em tantas delas confirma q temos uma alternativa para o Brasil. Parabéns à militância pela garra, num cenário tão difícil”.


A decadência do PT, que pela primeira vez não elegeu um prefeito de capital, deve-se a uma escolha: entre defender princípios e defender Lula, optou pelo segundo. Aliás, é de se duvidar até mesmo da possibilidade de escolha, uma vez que o condenado por corrupção e lavagem de dinheiro se comporta como dono do partido. E proprietários costumam colocar gente de confiança para administrar o que é seu, caso de Gleisi Hoffmann.




Lula e os seus seguidores acreditam que, se o Supremo Tribunal Federal declarar Sergio Moro suspeito e livrar o chefão petista das condenações que lhe foram impostas no âmbito da Lava Jato, o PT voltará a ser do mesmo tamanho da época em venceu as eleições presidenciais. É muito mais fantasia do que realidade. Se vier a ser absolvido pelo STF, isso não significa que Lula deixará de ser culpado aos olhos da nação. A maior parte dos brasileiros poderá vê-lo apenas como mais um integrante da elite política que contou com o beneplácito de ministros de um tribunal superior.


Fonte: O Antagonista