Gastos dos prefeitos eleitos nos maiores colégios eleitorais da PB - BLOG DO GERALDO ANDRADE

terça-feira, 24 de novembro de 2020

Gastos dos prefeitos eleitos nos maiores colégios eleitorais da PB

 


Os nove prefeitos eleitos dos dez maiores colégios eleitorais do Estado somaram R$ 3.773.345,78 em gastos de campanha durante as eleições municipais 2020. Deles, apenas um candidato concentra 62,97% do total.




Compõem a lista dos 10 maiores colégios eleitorais da Paraíba: João Pessoa, Campina Grande, Santa Rita, Bayeux, Patos, Cabedelo, Sousa, Cajazeiras, Guarabira e Sapé.




 


João Pessoa foi excluída da lista pois ainda terá segundo turno, a ser disputado entre Cícero Lucena (PP) e Nilvan Ferreira (MDB), no próximo dia 29.




Confira a seguir, a lista dos gastos de cada prefeito durante suas respectivas campanhas eleitorais. Os dados foram obtidos na plataforma DivulgaCand, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).




Campina Grande: Bruno Cunha Lima (PSD) gastou R$ 2.376.144,87 e aparece em primeiro na relação de quem mais gastou. Na cidade, o limite de gastos no primeiro turno foi de R$3.981.974,79.




Santa Rita: O prefeito reeleito Emerson Panta (PP) gastou R$ 159.426,35 em sua campanha. No município, o teto de gastos para prefeito nas eleições 2020 foi de R$364.348,50.




Bayeux: Também reeleita, Luciene Gomes (PDT) gastou R$ 143.900,00 na sua campanha. Em Bayeux, o limite de gastos para as campanhas de prefeito foi de R$380.184,95.




Patos: Na sua campanha, Nabor Wanderley (Republicanos) registrou R$ 456.420,46 em despesas. No município, o limite de gastos para cada candidato a prefeito foi de R$653.372,90.




Cabedelo: Mais um prefeito reeleito, Vitor Hugo (DEM) registrou R$ 130.180,20 em gastos de campanha. Na cidade, o limite imposto para cada candidato a prefeito foi de R$235.920,40.




Cajazeiras: Zé Aldemir (PP), eleito prefeito em Cajazeiras, somou R$ 202.790,00 em gastos de campanha. O limite era de R$484.133,27.




Sousa: Fábio Tyrone (Cidadania) gastou R$ 52.418,60 na campanha que gerou sua reeleição. O limite para os candidatos a prefeito de Sousa foi de R$385.738,62.








 


 


Guarabira: Marcus Diogo (PSDB) registrou R$ 252.065,30 em gastos de campanha nessas eleições. O limite de gastos para os candidatos a prefeito na cidade era de R$372.681,61.




Sapé: A página de Major Sidnei (Podemos) no TSE não apresentou gastos de campanha, permanecendo no R$ 0,00. A última atualização ocorreu no dia 23/10. Na cidade, o limite de gastos foi de R$225.948,14.


Fonte: Polêmica Paraíba