Poço Dantas: Moradora do Distrito de São João Bosco denuncia a falta de ações de limpeza e de desassoreamento do açude público da comunidade - BLOG DO GERALDO ANDRADE

terça-feira, 14 de abril de 2020

Poço Dantas: Moradora do Distrito de São João Bosco denuncia a falta de ações de limpeza e de desassoreamento do açude público da comunidade



Moradora do Distrito de São Bosco-zona rural de Poço Dantas  denuncia o abandono por parte da Prefeitura Municipal de Poço Dantas em relação ao açude público da localidade





“O açude público do Distrito de São João Bosco está abandonado pela Administração Pública de Poço Dantas. Faltam ações  de limpeza, faz muitos anos que não é realizado o trabalho de desassoreamento  e o que é mais grave existem moradores que usam às margens do reservatório para o plantio de batata doce,  hortas e capim e o prefeito municipal  usa isso como desculpa para não realizar  as citadas ações”, denuncia a agente de saúde e secretária da Igualdade Social do Solidariedade, Maria Lúcia Nunes. 


“A água é bem público. A água é um bem insusceptível de apropriação privada, por ser indispensável à vida.  A água constitui bem de uso comum do povo. O prefeito não pode ser omisso nesse caso para não ferir os interesses dos agricultores que usam às margens do açude. Existe o  princípio da supremacia do interesse público sobre o interesse privado. O princípio se manifesta especialmente na posição de superioridade do poder público nas relações jurídicas mantidas com os particulares, superioridade essa justificada pela prevalência dos interesses coletivos sobre os interesses individuais”, disse a agente de saúde Maria Lúcia Nunes. 




Abdias Duque de Abrantes
Jornalista MTB-PB Nº 604

Blog do Geraldo Andrade