Pâmela Bório teria saído do Brasil com o filho após participação em ato terrorista; diz advogado - BLOG DO GERALDO ANDRADE

segunda-feira, 16 de janeiro de 2023

Pâmela Bório teria saído do Brasil com o filho após participação em ato terrorista; diz advogado

 


foto: reprodução

Em entrevista à Rádio Arapuan nesta segunda-feira (16), o advogado Ricardo Alvarenga, da Ordem dos Advogados Conservadores do Brasil (OACB), disse que a ex-primeira dama da Paraíba, Pâmela Bório teria saído do Brasil após participar de ato terrorista em Brasília no domingo 8 de janeiro.


As informações dão conta de que a comunicadora teria levado o seu filho, que estava junto a ela no dia da manifestação. O menino de 12 anos é fruto do seu relacionamento com o ex-governador da Paraíba, Ricardo Coutinho (PT).


O advogado disse não ter provas de que ela tenha saído do País, mas todas as suspeitas giram em torno disso.


A participação da ex-primeira-dama da Paraíba, Pâmela Bório, nos atos golpistas contra as sedes dos Três Poderes, em Brasília-DF, foi citada em grande reportagem exibida pelo programa Fantástico, da TV Globo, na noite deste domingo (15). A matéria mostrou os bastidores do ato de terrorismo praticado por bolsonaristas radicais na Capital Federal no último dia 8, e mostrou nominalmente alguns dos participantes.


O programa detalha que a jornalista levou o filho menor de idade, do relacionamento que teve com o ex-governador Ricardo Coutinho (PT). Também reveja que a ex-primeira-dama responde a processos por calúnia e difamação “por ter espalhado notícias falsas”.


“Parentes disseram que ela está incomunicável em Brasília”, diz a reportagem, que ainda aborda as possíveis punições que Pâmela poderá sofrer pela participação e por ter levado o filho à manifestação.






Fonte: Polêmica Paraíba

Créditos: Polêmica Paraíba