Mais de 50 paraibanos estariam presos em Brasília após atos golpistas; familiares tentam ajudá-los - BLOG DO GERALDO ANDRADE

quarta-feira, 11 de janeiro de 2023

Mais de 50 paraibanos estariam presos em Brasília após atos golpistas; familiares tentam ajudá-los

 



Um dado trazido no programa de ontem (10), do programa Arapuan Verdade, da rádio Arapuan FM, revelou que mais de 50 paraibanos foram presos pelas forças de segurança após os atos golpistas em Brasília, capital federal. As forças de segurança os conduziram para a academia nacional da Polícia Federal e as famílias destes paraibanos têm buscado liberá-los.



Segundo tais informações veiculadas, o grupo teria saído de João Pessoa em um ônibus, na semana passada. Os presos são pessoas ligadas à parlamentares e ex-candidatos de direita no estado. As famílias deles entraram em contato com políticos e advogados, porém não lograram êxito.


Conforme o divulgado na rádio, alguns advogados estariam cobrando R$ 1,5 mil apenas para consultas sobre o caso e os parentes já estariam articulando ‘vaquinhas’ para obter dinheiro e conseguir a liberdade dos paraibanos. A equipe do programa Arapuan Verdade entrevistou com exclusividade o advogado João Alberto, da Ordem dos Advogados Conservadores do Brasil, que está se deslocando para Brasília, com objetivo de defender os presos.


O advogado teria dito que a maioria dos presos não participou dos atos de vandalismo e que deve entrar ainda hoje com pedido de habeas corpus. “Todos eles foram, obviamente, encaminhados a sede da Polícia Federal. E aí a nós estamos averiguando quem já foi liberado, quem ainda não foi liberado e qual o nome. E saber quem foi ouvido se está preso ou não”, detalhou em entrevista ao repórter Felipe Nunes. Ainda de acordo com o advogado, após protocolar o habeas corpus há a expectativa que o despacho possa ocorrer ainda esta semana.


Fonte: PB Agora