Ricardo Coutinho e seu irmão, Coriolano, são denunciados pelo Gaeco por esquema criminoso na Lotep - BLOG DO GERALDO ANDRADE

quinta-feira, 15 de dezembro de 2022

Ricardo Coutinho e seu irmão, Coriolano, são denunciados pelo Gaeco por esquema criminoso na Lotep



 O ex-governador Ricardo Coutinho (PT) e o seu irmão, Coriolano Coutinho, foram denunciados por irregularidades na Loteria do Estado da Paraíba (Lotep) enquanto Ricardo era chefe do Executivo, entre 2010 e 2018. A denúncia, protocolada nessa quarta-feira (14), e faz parte da Operação Calvário, foi feita pelo Grupo de Atuação Especial Contra o Crime Organizado (Gaeco) do Ministério Público da Paraíba (MPPB). A informação foi trazida pelo portal ClickPB.


De acordo com a investigação, Coriolano teria assumido o controle da Lotep e a utilizava fazendo direcionamento de concessões a empresas de interesse sob pena de rescisões de contratos já estabelecidos para exploração de jogos até demissões, desligamento ou inabilitações.


Além disso, Coriolano é apontado como suspeito de extorquir empresários ligados à Lotep. Em depoimento, um dos empresários declarou ter sido obrigado a comprar trios elétricos de Coriolano, em mau estado de conservação, para não sofrer represálias.


Durante cumprimento de mandado de busca e apreensão na empresa que era responsável pelo Paraíba de Prêmios, foram encontrados rascunhos que demonstram o pagamento de propina a Coriolano Coutinho para cada sorteio.


OPERAÇÃO CALVÁRIO

A Operação Calvário foi desencadeada em dezembro de 2018 com o objetivo de desarticular uma organização criminosa infiltrada na Cruz Vermelha Brasileira, filial do Rio Grande do Sul, que atuava no Hospital de Emergência e Trauma em João Pessoa. No entanto, a operação descobriu ramificações dos esquemas criminosos em outros órgãos do governo.


Fonte 83