Presidente do Peru sofre impeachment e é preso após tentar golpe de Estado - BLOG DO GERALDO ANDRADE

quarta-feira, 7 de dezembro de 2022

Presidente do Peru sofre impeachment e é preso após tentar golpe de Estado

Pedro Castillo, presidente do Peru (Foto: JAVIER TORRES/AFP via Getty Images)

O presidente esquerdista do Peru, Pedro Castillo, sofreu impeachment, foi destituído do cargo e preso após uma tentativa frustrada de fechar o Congresso do país, nesta quarta-feira (07). A informação é da versão online do jornal O Globo. Segundo o jornal, “a manobra do agora ex-presidente, que foi alvo de três processos de impeachment em 16 meses no poder, provou-se rapidamente um tiro no pé, com opositores e aliados criticando-o imediatamente por violar a ordem democrática’.



Foi uma tentativa de Golpe de Estado momentos antes de uma votação de mais um pedido de impeachment contra ele. Em pronunciamento em rede de rádio e TV, Castillo disse que seriam “convocadas eleições para um novo Congresso com poderes constituintes” em menos de nove meses. De acordo com a imprensa peruana, nenhum dispositivo constitucional prevê tal medida.


Castillo afirmou, também, que passaria a governar por decreto e estabeleceu um toque de recolher das 22h (horário local) até às 4h. O Judiciário, o Ministério Público, o Tribunal Constitucional e o Conselho Nacional de Justiça também serão reorganizados, segundo o presidente peruano.


Duas horas após o anúncio de Castillo, o Legislativo antecipou a votação e aprovou a moção para afastá-lo do cargo. De acordo com o jornal O Globo, foram 101 votos a favor, seis contra e dez abstenções. A vice-presidente, Dina Baluarte, será empossada às 15h (17h no Brasil).


Fonte: O Globo