PL aluga casa em condomínio de luxo para Bolsonaro permanecer em Brasília - BLOG DO GERALDO ANDRADE

quarta-feira, 7 de dezembro de 2022

PL aluga casa em condomínio de luxo para Bolsonaro permanecer em Brasília



(Foto: Sergio Lima/Reprodução)

Após a vitória do presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva (PT) no segundo turno das eleições, o presidente Jair Bolsonaro (PL) terá que deixar o Palácio do Alvorada, a residência oficial do presidente. O PL desembolsou o aluguel de uma casa de quatro quartos em um condomínio de luxo fundado em 1996. As despesas de aluguel, condomínio e IPTU ficarão a cargo do partido.


No entanto, mesmo com a derrota, a procura de uma casa para morar a partir do dia 1° de janeiro de 2023 não é um problema para o presidente, que já tem um novo lugar para residir. O Palácio da Alvorada será trocado pelo condomínio Ville de Montagne, situado no bairro do Jardim Botânico, em Brasília (DF).


Apesar disso, o ex-deputado e presidente do PL, Valdemar da Costa Neto (PL), está espantado com a fraqueza apresentada pelo chefe do Executivo desde sua derrota. O presidente do partido questiona a capacidade de Bolsonaro de liderar a oposição.


Segundo o site oficial do próprio Ville de Montagne, o espaço trata-se de um local com “áreas de encostas, nascentes, cachoeiras e muito verde que cerca a região, (…) com exuberante magnitude de natureza, objetivando morada saudável, preservando o que de melhor oferece a situação ecológica da região, onde o bem estar, a paz, as flores, a harmonia, a fraternidade e o amor façam morada conosco”.


O partido do presidente, antes de escolher a nova residência de Bolsonaro, levou em consideração a segurança que o condomínio oferece, por ser um local mais isolado. O ministro da Justiça, delegado Anderson Torres (União), tem uma casa na propriedade.


Outro fator que pesa na decisão de Bolsonaro de permanecer em Brasília é a proximidade com seus filhos, o senador Flávio Bolsonaro (PL), e o deputado Eduardo Bolsonaro (PL), que continuarão morando na capital. O condomínio, aliás, também será ocupado pelo vice-presidente e eleito senador Hamilton Mourão (Republicanos).





Fonte: Diário do Centro do Mundo

Créditos: Polêmica Paraíba