Lula diz que, se Bolsonaro fosse 'responsável', teria oferecido avião da FAB para levá-lo à COP 27 - BLOG DO GERALDO ANDRADE

sábado, 19 de novembro de 2022

Lula diz que, se Bolsonaro fosse 'responsável', teria oferecido avião da FAB para levá-lo à COP 27

 Por g1 — Brasília

 


Lula garante responsabilidade fiscal durante governo: 'Não há razão para esse medo'
00:00/33:37

Lula garante responsabilidade fiscal durante governo: 'Não há razão para esse medo'

O presidente eleito, Luiz Inácio Lula da Silva (PT), afirmou nesta sexta-feira (18) que o presidente Jair Bolsonaro (PL) deveria ter oferecido a ele um avião da Força Aérea Brasileira (FAB) para a viagem à Conferência do Clima (COP 27) no Egito, nesta semana.

A viagem de Lula foi alvo de críticas porque, em vez de usar voo comercial ou oficial, o presidente eleito fez o trajeto em um jatinho privado do empresário José Seripieri Junior, do setor de planos de saúde. Segundo a assessoria de Lula, o próprio empresário e outros políticos também estavam no voo.

""Se o Estado brasileiro fosse democrático e a gente tivesse um presidente responsável, quem sabe ele tivesse oferecido um avião da FAB para me levar. Mas não ofereceu, paciência, eu sou grato ao meu amigo que foi comigo e me emprestou o avião", declarou Lula.

Lula disse que foi convidado para ir à COP 27 pelos governadores de estados amazônicos e pelo presidente do Egito, Abdul Fatah Khalil Al-Sisi, mas em ambos os casos não houve oferta de transporte.

"E eu tinha um amigo que queria ir na COP e tinha o avião, e eu fui com ele. Um avião novo, de boa qualidade, com muita segurança. Porque é importante lembrar que um presidente eleito tem que cuidar da sua segurança, sobretudo em um país em que você tem bolsonaristas raivosos se espalhando pelo mundo afora", disse.

Lula deu as declarações durante entrevista ao lado do primeiro ministro de Portugal, António Costa, após reunião bilateral em Lisboa. O presidente eleito passou por Portugal justamente ao retornar da viagem para a COP 27.

Lula participou de atividades da Conferência do Clima entre terça (15) e quarta-feira (16). O presidente eleito retorna ao Brasil neste fim de semana e, na próxima semana, deve voltar a despachar em Brasília como parte dos trabalhos da transição de governo.

Leia também:

Presidente eleito Lula chega a Portugal para encontro com chefes de Estado e de governo do país
00:00/01:31

Presidente eleito Lula chega a Portugal para encontro com chefes de Estado e de governo do país

Quem emprestou o jatinho?

O dono do avião particular, José Seripieri Junior, atua desde os anos 1990 como empresário de operadoras de planos de saúde. Ele é fundador da Qualicorp e dono de outra firma do setor, a Qsaúde. Segundo apurou o jornal O Globo, Junior e Lula são amigos há mais de 10 anos.

Em 2020, Seripieri Junior chegou a ser alvo de um mandado de prisão temporária em São Paulo durante uma fase da operação Lava Jato que investigava suposto caixa 2 na campanha do hoje senador José Serra (PSDB-SP) à Presidência da República em 2014.

O caso não citava Lula ou o PT, e a defesa do empresário na época classificou a prisão como "injustificável".

Desde que a viagem no jatinho se tornou pública, no último fim de semana, o empresário não comentou o empréstimo da aeronave.

Justificativas

Ainda na segunda-feira (14), o vice-presidente eleito, Geraldo Alckmin (PSB), afirmou que não houve empréstimo da aeronave.

"A informação que eu tenho é que [o avião] não é emprestado. O proprietário está indo junto para a COP, então ele também vai participar da COP, está indo junto. Não tem empréstimo, estão indo juntos no mesmo avião", afirmou Alckmin.

Ainda segundo o vice-presidente eleito, "estão indo mais pessoas, ex-governador, lideranças políticas, ambientais. Enfim, todos juntos".

O senador eleito Wellington Dias (PT-PI) também comentou o episódio em entrevista ao Roda Viva da última segunda-feira (14), minimizando o fato de Lula aceitar favor do empresário.

"Você tem uma situação em que o presidente eleito, ele ainda não é presidente da República, ele não se utiliza de voos do governo. E, sim, ele é uma pessoa física, eleita presidente, mas uma pessoa física, e ele, por conta disso, não tem qualquer regra que o impeça de pegar carona, seja de São Paulo para Teresina, seja de São Paulo para o Egito", disse Dias.

"Qualquer um de nós, tendo uma situação de não estar em nenhum cargo, alguém dá uma carona. Qual é o problema?", disse.

Lula embarcou no Aeroporto Internacional em Guarulhos (SP) na manhã de segunda, e chegou ao Egito à noite.


Fonte: G1