PTB apresenta proposta de filiação a Bolsonaro com promessa de cargos - BLOG DO GERALDO ANDRADE

sexta-feira, 24 de setembro de 2021

PTB apresenta proposta de filiação a Bolsonaro com promessa de cargos

 


O PTB apresentou uma proposta de filiação ao presidente Jair Bolsonaro, que desde o início de 2019 está sem partido. A tentativa da sigla, presidida pelo ex-deputado Roberto Jefferson, de seduzir Bolsonaro passa pela promessa da autonomia para indicar cargos para Executiva nacional.


O texto foi apresentado a um interlocutor de Bolsonaro no início da semana, segundo informações da CNN Brasil, enquanto estava nos Estados Unidos para a Assembleia-Geral da Organização das Nações Unidas (ONU).


A ideia é que o líder do Planalto também possa escolher nomes para disputarem o Senado Federal.


Bolsonaro é pretendido por outros partidos e já manifestou a sua vontade de só tomar uma decisão no próximo ano, apesar de aliados tentarem convencê-lo de que uma escolha mais cedo facilitaria a sua filiação na janela partidária.


Em entrevista recente à revista Veja, o presidente citou, além do PTB, o PP, o PL e o Republicanos como algumas das suas possibilidades.


Recentemente, a sigla sondou os ex-ministros Ernesto Araújo (Relações Exteriores), Ricardo Salles (Meio Ambiente) e Abraham Weintraub (Educação), nomes da ala radical do bolsonarismo, para tentar ampliar a bancada federal, hoje com 10 deputados.


“O partido está de braços abertos para eles e também preparado para receber o presidente caso ele decida se filiar”, afirmou Otávio Fakhoury, presidente do PTB em São Paulo.


O líder nacional do partido, Roberto Jefferson, está preso preventivamente desde o dia 13 de agosto por participação em organização criminosa que ameaçava instituições democráticas. Atualmente, ele está internado em um hospital no Rio de Janeiro onde será submetido, na próxima terça-feira, a uma cirurgia de cateterismo.


Condenado no “Mensalão”, o petebista apoiou os governos petistas e tem se notabilizado nos últimos dois anos como um expoente do bolsonarismo radical e já apareceu em vídeos armado, fazendo ameaças ao Supremo Tribunal Federal (STF) e a um embaixador chinês, a quem chamou de “macaco”.




Fonte: Polêmica Paraíba com A tarde


Créditos: Polêmica Paraíba