Queiroga diz ser contra uso obrigatório de máscara e critica multa para quem não usa o equipamento - BLOG DO GERALDO ANDRADE

quinta-feira, 19 de agosto de 2021

Queiroga diz ser contra uso obrigatório de máscara e critica multa para quem não usa o equipamento

 

Marcelo Queiroga, ministro da saúde,  afirmou que é contra o uso obrigatório de máscara como medida de prevenção ao coronavírus. Em entrevista ao canal bolsonarista Terça Livre, desta quarta-feira (18), o paraibano também disse que é contrário à aplicação de multas a quem não usa o equipamento. Ao longo da pandemia, estudos científicos têm apontado a eficácia da proteção facial como estratégia contra o contágio – a medida foi adotada em grande parte dos países.


“Nós somos contra essa questão de obrigatoriedade (do uso de máscara). O Brasil é um país que tem muitas leis e que as pessoas, infelizmente, não as observam. O uso da máscara tem de ser um ato de conscientização”, disse.


“Não têm sentido essas multas. Não se pode criar uma ‘indústria de multa’. Imagina, estão multando as pessoas porque não estão com máscara. Se está precisando fazer isso, é porque não estamos sendo eficientes em conscientizar a população sobre o uso desse equipamento de proteção individual”, acrescentou.


Também segundo os estudos, a máscara é importante tanto para quem usa quanto para quem está ao redor. Desde o início da pandemia, o presidente Jair Bolsonaro promove aglomerações e, rotineiramente, não usa a proteção no rosto. O presidente já foi multado mais de uma vez, em São Paulo, pela falta do equipamento.


 


Fonte: com informação do Terra

Créditos: com informação do Terra