Centrão avança em fusão de três partidos, mas acordo prevê que Bolsonaro não pode se filiar, diz jornalista - BLOG DO GERALDO ANDRADE

quinta-feira, 26 de agosto de 2021

Centrão avança em fusão de três partidos, mas acordo prevê que Bolsonaro não pode se filiar, diz jornalista

 


Polêmica Paraíba

POLÍTICA

PARAÍBA

POLÊMICAS

OPINIÕES


Top Sites

(83) 99108-0661

SIGA NOSSAS REDES

   


Centrão avança em fusão de três partidos, mas acordo prevê que Bolsonaro não pode se filiar, diz jornalista

Publicado por: Samuel de Brito em 26/08/2021 às 11:14



Notícia em áudio   


WhatsApp Image 2021 08 26 at 11.04.55 300x103 - Centrão avança em fusão de três partidos, mas acordo prevê que Bolsonaro não pode se filiar, diz jornalista



Por Gerson Camarotti, do G1


PUBLICIDADE



Três partidos do bloco conhecido como “Centrão”, PP, PSL e PRB*, avançaram nos últimos dias em tratativas para se fundirem em uma única sigla.


O novo partido terá a missão de ampliar a governabilidade de Jair Bolsonaro junto ao Congresso, em um movimento considerado essencial para o presidente neste momento.


Não por acaso, as articulações são feitas pelo próprio ministro-chefe da Casa Civil, Ciro Nogueira, que é presidente licenciado do PP.


O partido já nasceria com a maior bancada da Câmara dos Deputados — 126 deputados, na hipótese de todos os parlamentares das três legendas migrarem para o novo partido. Atualmente, as maiores bancadas são as do PSL e do PT, com 53 deputados cada uma.


A negociação, no entanto, inclui um consenso inusitado: o próprio presidente, hoje sem partido, não poderia se filiar à nova sigla.


Para se candidatar à reeleição em 2022, Bolsonaro terá que se filiar a algum partido. Por esse acordo, mesmo com as três siglas unificadas, o presidente teria que se filiar a uma legenda menor para concorrer no próximo ano.


Os líderes dos partidos ainda estão traumatizados com a forma ruidosa como Bolsonaro deixou o PSL em 2019.


O presidente chegou a ensaiar a criação de um partido próprio, mas a coleta de assinaturas exigida pela legislação não prosperou.


*PRB se transformou em Republicanos desde 2019




Fonte: Gerson Camarotti, do G1

Créditos: Polêmica Paraíba