Bolsonaro participa de motociata em Brasília em comemoração ao Dia dos Pais - BLOG DO GERALDO ANDRADE

domingo, 8 de agosto de 2021

Bolsonaro participa de motociata em Brasília em comemoração ao Dia dos Pais

 

Apoiadores do governo se reuniram ao longo da Esplanada dos Ministérios neste domingo (8/8) em sinal de apoio ao presidente Jair Bolsonaro (sem partido), para acompanhar a motociata convocada pelo chefe do Executivo em comemoração ao Dia dos Pais. Os motociclistas foram divididos em dois grupos, o primeiro, formado por pessoas credenciadas para participar do evento, se concentrou em frente ao Palácio do Planalto. O segundo grupo foi dispersado pela polícia e se concentrou ao longo dos estacionamentos dos ministérios.



Pessoas a pé também acompanharam o ato, alguns não usavam máscara facial (recomendado pela Organização Mundial da Saúde como medida de segurança para conter a pandemia da covid-19). Para manter a organização do trânsito, a polícia fechou o acesso de carros a partir da rampa que desce para o Congresso Nacional, nos dois sentidos.


O motociclista Wagner levou a filha Larissa, 15 anos, como parte da comemoração do Dia dos Pais. “Na verdade foi ela quem me chamou. Nós fazemos parte do grupo de motoclube, o Escorpiões do Cerrado, quando Larissa ficou sabendo do evento me chamou para participar”, contou o pai orgulhoso que tirou foto em frente ao Congresso Nacional ao lado da filha e da moto.


 



 


Às 9h30, o grupo liderado por Bolsonaro passou em frente ao Congresso Nacional. Fazendo o sinal da “arminha”, o presidente acenou para os apoiadores, seguido pelo grupo de motociclistas que buzinavam e gritavam em sinal de apoio. Dois trios elétricos estacionados em frente ao congresso tocaram músicas com letras de apoio a Bolsonaro.


Um grupo animado que acompanhou a motociata foi o de senhoras em uma excursão vindas de São Paulo. Lideradas por Neide Carreira, 69 anos, o grupo formado por 17 mulheres auto intituladas bolsonetes esperaram animadas a passagem do presidente. “Nós estávamos fazendo uma excursão que seria para Caldas Novas e Goiânia quando descobrimos que haveria o ato de Bolsonaro aqui em Brasília, aí decidimos vir para cá também e ver ele passar”, explica a líder do grupo e dona da agência de viagens responsável pelo passeio.


Fonte: Correio Braziliense