Marcelo Queiroga diz que ‘sozinho’ não resolve problemas e pede ‘união’ de brasileiros - BLOG DO GERALDO ANDRADE

terça-feira, 16 de março de 2021

Marcelo Queiroga diz que ‘sozinho’ não resolve problemas e pede ‘união’ de brasileiros

 

O novo ministro da Saúde, o paraibano Marcelo Queiroga, disse nesta terça-feira (16) que é preciso “união da nação” para enfrentar o que ele classificou como “nova onda” da pandemia. Em pronunciamento ao lado do general Eduardo Pazuello, o médico cardiologista defendeu o Sistema Único de Saúde (SUS) e citou a importância das “evidências científicas” em futuras ações.


“Temos que unir esforços com os secretários municipais de saúde, o Brasil tem mais de 5.570 municípios, (…) para que ações tratadas pelo ministro Pazuello sejam aplicadas e por fim a essa pandemia. No momento vivemos uma nova onda da pandemia, com muitos óbitos”, afirmou.


“Já conversei com a equipe para que possamos reforçar ações que já estão sendo colocadas em prática e trazer novas contribuições, sempre baseado no melhor da evidência científica. A ciência brasileira tem sido muito útil, vários artigos publicados”, acrescentou.


“O governo federal tem trabalhado desde o início do mandato do presidente Bolsonaro para melhorar a eficiência do SUS e algumas pautas que eram caras a sociedade médica como, por exemplo, a criação de secretaria de atenção primária, foi criada. Hoje funciona e funciona de maneira satisfatória. A pandemia nos trouxe desafios, mas oportunidades, como a legislação para tecnologias de informação do programa Telesaúde, pode ser útil para triar o acesso dos brasileiros ao SUS”, finalizou.



Fonte: Polêmica Paraíba com G1

Créditos: Polêmica Paraíba com G1