Covid: mortes de pessoas entre 40 a 49 anos explodem, aponta Fiocruz - BLOG DO GERALDO ANDRADE

sexta-feira, 26 de março de 2021

Covid: mortes de pessoas entre 40 a 49 anos explodem, aponta Fiocruz

 

O boletim do Observatório Fiocruz Covid-19 divulgado nesta sexta-feira (26) alerta para o rejuvenescimento da pandemia no Brasil.


De acordo com a fundação, o número de casos de Covid afetando brasileiros mais jovens disparou: em relação à primeira semana de janeiro, as altas foram de 565,08%, 626% e 525,93% nas faixas de 30 a 39 anos, 40 a 49 anos e 50 a 59 anos, respectivamente.


“Ao analisar essas faixas etárias, da Semana Epidemiológica 1 de 2021 até a 10 (7 a 13/3), os pesquisadores observaram o aumento de casos que sugere um deslocamento da pandemia para os mais jovens”, diz o boletim da Fiocruz.


Notícias relacionadas:

bulletHonda suspende produção no Brasil por piora da pandemia

bulletQueiroga pede 'pátria de máscaras' e prevê vacinar 1 milhão por dia em abril

bulletKim Kataguiri diz que "Bolsonaro é totalmente reativo"

bulletRicardo Barros: "Tomara que as duas deem certo e rápido"

bulletDeputado do Novo rebate Eduardo: "O problema é só ouvir quem bajula"

Em destaque:

covid covid-19 Observatório Covid-19

Já o número de mortes subiu 352,62%, 419,23% —o que corresponde a um crescimento de mais de cinco vezes o valor original— e 317,08%, respectivamente, para as faixas etárias analisadas.


O boletim da Fiocruz ainda observa:


“É importante observar que a maior incidência nas idades mais jovens e manutenção da mortalidade concentrada em idosos contribui para o cenário crítico da ocupação dos leitos hospitalares. Por se tratar de população com menos comorbidades —e, portanto, com evolução mais lenta dos casos graves e fatais—, frequentemente há um maior tempo de permanência na internação em terapia intensiva.”


Fonte: O Antagonista