Paraíba tem 60 denúncias de “fura-fila” da vacina contra covid-19, aponta levantamento – VEJA NÚMEROS - BLOG DO GERALDO ANDRADE

quinta-feira, 11 de fevereiro de 2021

Paraíba tem 60 denúncias de “fura-fila” da vacina contra covid-19, aponta levantamento – VEJA NÚMEROS

 


Um levantamento realizado pelo jornal O Globo, junto aos Ministérios Públicos estaduais, mostra que a Paraíba tem registrado, até última terça-feira (9), 60 denúncias de possíveis “fura-fila” na vacinação contra a covid-19. Segundo o jornal, em todo o Brasil, foram registradas 2.982 denúncias desse tipo.


Segundo O Globo, o número de quase 3 mil denúncias significa que uma em cada 1.341 doses aplicadas no país teria sido em pessoas fora dos padrões de prioridade estabelecidos.


No levantamento, a Paraíba aparece com 60 denúncias desse tipo, apuradas até o dia 9 de fevereiro, quinto no Nordeste. O vizinho Rio Grande do Norte, com 640 denúncias, é quem mais registrou em todo o país.


A relação dos estados nordestinos é a seguinte: Rio Grande do Norte (640), Pernambuco (226, calculado até 3 de fevereiro), Bahia (185, calculado até 9 de fevereiro), Maranhão (72, calculado entre os dias 22 de janeiro a 8 de fevereiro), Paraíba (60, calculado até o dia 9 de fevereiro) e Ceará (50, calculado até 3 de fevereiro). Piauí, Alagoas e Sergipe não registraram denúncias, segundo o levantamento.


Além disso, dos 26 estados, 19 deles apresentaram denúncias, além do Distrito Federal. Foram eles:


Rio Grande do Norte (640), Minas Gerais (589, calculado até 7 de fevereiro), Rio de Janeiro (413, calculado até 9 de fevereiro), Pernambuco (226, calculado até 3 de fevereiro), São Paulo (220, calculado até 4 de fevereiro), Paraná (189, calculado até 10 de fevereiro), Bahia (185, calculado até 9 de fevereiro), Maranhão (72, calculado entre os dias 22 de janeiro a 8 de fevereiro), Distrito Federal (62, calculado até 4 de fevereiro), Paraíba (60, calculado até o dia 9 de fevereiro), Ceará (50, calculado até 3 de fevereiro), Rondônia (50, calculado até 8 de fevereiro), Rio Grande do Sul (46, calculado até 4 de fevereiro), Espírito Santo (42, calculado até 9 de fevereiro), Mato Grosso (28, calculado até 9 de fevereiro), Tocantins (37, calculado até 9 de fevereiro), Pará (37, calculado até 3 de fevereiro), Goiás (16, calculado até 29 de janeiro), Acre (10, calculado até 10 de fevereiro) e Mato Grosso do Sul (10, calculado até 29 de janeiro).


Não registraram denúncias, Piauí, Alagoas e Sergipe, Amazonas, Roraima, Amapá e Santa Catarina.


Fonte: Polêmica Paraíba

Créditos: Polêmica Paraíba