A história do Distrito de Tanques-zona rural de Poço Dantas. - BLOG DO GERALDO ANDRADE

quarta-feira, 24 de fevereiro de 2021

A história do Distrito de Tanques-zona rural de Poço Dantas.

 

O Distrito de Tanques pertence ao Município de Poço Dantas no Alto Sertão da Paraíba.


A localidade é  a terra do primeiro vice-prefeito de Poço Dantas, Manoel Pereira de Queiroz (Del Pereira), na gestão do saudoso prefeito Azulão Santiago na eleição de 1996 pelo PDT. Seu Del Pereira é o pai do ex-vereador Erivando Pereira de Queiroz e da ex-primeira-dama e ex-secretária de Ação Social,  Branca Pereira.


Del Pereira foi candidato a vereador em 1988 e 1992 em Uirauna.



É  um importante colégio eleitoral de Poço Dantas e conta com 896 eleitores. O Distrito de Tanques é  decisivo para as eleições municipais.


Na localidade reside o famoso rezador Ze Cândido. Segundo ele o segredo da sua reza está na doutrina espírita codificada pelo influente educador, autor e tradutor francês, Allan Kardec, afinal ele acredita que essa linha espírita não anula a fé cristã porque também tem base na Bíblia.


O Distrito de Tanques  fica a 15 km da  sede do Município. Conta com aproximadamente 350 famílias e na faixa de 1.250 habitantes.


Dias 28 e 29 de junho celebra-se a festa do Padroeiro São Pedro com as presenças de fiéis  e dos filhos ausentes.


O Distrito de Tanques é  maior do que o Município de  Borá no interior do Estado de São Paulo  com cerca de 838 habitantes. Também é  maior do que o menor Município brasileiro, Serra da Saudade, localizado no interior de Minas Gerais com 776 habitantes.


Segundo o agricultor Isaías Ciriaco da Silva a economia local é  baseada na agricultura e a pecuária, seguida do comércio constituem as principais atividades econômicas da comunidade. 


As famílias tradicionais do Distrito de Tanques são Pereira, Queiroz, Limeira, Silva, Sousa, Nunes, Ciriaco, Celestino, Rosendo, Basílio, Carlos,Matuca, Vítor, Vieira, dentre outras.


O Distrito de Tanques conta com escolas, igrejas, unidade de saúde, creche, ginásio de esportes, mercadinhos, pizzarias, petiscaria, balneários, bares, praças, açude, espetinhos, etc.


Na paisagem é marcante a presença de vários lajedos que no período invernoso ficam cheios d'água parecendo piscinas, daí a denominação Tanques.



Abdias Duque de Abrantes Advogado, jornalista e pós-graduado em Direito e Processo do Trabalho pela Universidade Potiguar (UnP), que integra a Laureate International Universities.


Blog do Geraldo Andrade