IMPRENSA DE LUTO: Morre em Cajazeiras o radialista Paulo Feitosa após sofrer parada respiratória - BLOG DO GERALDO ANDRADE

sábado, 7 de novembro de 2020

IMPRENSA DE LUTO: Morre em Cajazeiras o radialista Paulo Feitosa após sofrer parada respiratória


No dia em que é comemorado nacionalmente o Dia do Radialista, a categoria perdeu um de seus representantes na Paraíba. Morreu na manhã deste sábado (7), em Cajazeiras, o radialista Paulo Feitosa.


Em entrevista ao Polêmica Paraíba, o diretor do Hospital Regional de Cajazeiras (HRC), Manoel Telemon, conhecido como Telminho, disse que o diagnóstico da morte do radialista foi insuficiência cardíaca congestiva grave e que ele sofreu derrame pleural bilateral.


Telminho informou que Paulo deu entrada no hospital na madrugada deste sábado, com dor torácica intensa, dor abdominal e saturando oxigênio abaixo de 60% (os níveis normais são acima de 95%).


O diretor informou que durante o processo de preparação para o translado do paciente para a Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do hospital, Paulo sofreu uma parada respiratória. Os médicos conseguiram reanimá-lo, mas logo em seguida ele sofreu outra parada, e infelizmente não resistiu.


Atualmente, Paulo trabalhava na Rádio Mais FM. Fazia parceria com Wilson Furtado no programa Mais Debate, que vai ao ar de segunda a sexta, das 12h às 14h, e no programa Frente a Frente, que via ao ar de segunda a sexta, das 19h às 20h30. Ele também já trabalhou para a Rádio Difusora de Cajazeiras e em outras emissoras de rádio da cidade.




Fonte: Polêmica Paraíba

Créditos: Polêmica Paraíba