TIROTEIO NO LITORAL SUL: Candidata estava em carro atingido com 14 tiros; “Houve excesso da polícia” - BLOG DO GERALDO ANDRADE

quinta-feira, 1 de outubro de 2020

TIROTEIO NO LITORAL SUL: Candidata estava em carro atingido com 14 tiros; “Houve excesso da polícia”

 


Um tiroteio terminou com duas pessoas feridas na madrugada desta quinta-feira (1º), no Conde, na Região Metropolitana de João Pessoa. As primeiras informações davam conta de um confronto de policiais militares com dois ocupantes de um veículo da marca Duster. Os dois homens ficaram feridos. Horas depois, a candidata a prefeita da cidade, Karla Pimentel (PSL), procurou a Delegacia de Polícia de Alhandra e contou que estava no veículo.


O esposo da Candidata, Herman Régis, contou que ela se protegeu dos tiros se deitando sobre o solo do veículo. A histórica contada na Delegacia foi que ela retornava de um salão de beleza por volta das 2h, depois de passar o dia inteiro em agenda de campanha. Ela estava no carro com o motorista e um segurança. O motorista viu policiais entrando rapidamente em uma viatura e achou que havia algum conflito. Foi quando ele parou o carro e deu ré. Neste momento, o veículo foi cercado por outras viaturas e começou o confronto.


Ao todo, 14 tiros foram disparados contra o veículo adesivado com a propaganda da candidata. O motorista levou um tiro no braço e o segurança foi atingido na perna. Eles foram levados para o Hospital de Emergência e Trauma. Carla Régis não levou nenhum tiro. O marido dela disse que pediria ao secretário de Segurança, Jean Nunes, a nomeação de um delegado especial para acompanhar o caso e que a candidata passe a ter escolta. “Houve excesso da polícia”, diz Herman.


No dia 21 de agosto, a candidata teve sua casa alvejada a bala. De acordo com o seu esposo, Karla vem sofrendo ameaças a algum tempo, e que a tentativa de assassinar a sua esposa não irá intimidar ou fazê-los recuar, não irão se abater nem se acovardar.


Fonte: Suetoni Souto Maior

Créditos: Polêmica Paraíba