Poço Dantas: Agente de saúde Lúcia Nunes denuncia “Prefeitura não paga adicional de insalubridade e o incentivo anual à categoria - BLOG DO GERALDO ANDRADE

sexta-feira, 28 de agosto de 2020

Poço Dantas: Agente de saúde Lúcia Nunes denuncia “Prefeitura não paga adicional de insalubridade e o incentivo anual à categoria

 

O pré-candidato a prefeito pela oposição de Poço Dantas, empresário Zé Almeida (Solidariedade) participou quinta-feira (27) de agosto, às 18h, na Chácara da Pitombeira do Café com Zé com a agente de saúde do Distrito de São João Bosco e secretária da Igualdade Social do Diretório Municipal do Solidariedade, Maria Lúcia Nunes. 


A agente comunitária de saúde Maria Lúcia Nunes é membro da Igreja Católica, um importante quadro da oposição e uma competente técnica da equipe municipal de saúde de Poço Dantas. Defende a inserção das plantas medicinais, fitoterápicos e serviços relacionados à Fitoterapia no SUS, com segurança, eficácia e qualidade, em consonância com as diretrizes da Política Nacional de Práticas Integrativas e Complementares no SUS.


“A agente de saúde Lúcia Nunes é nossa aliada. Só escuto boas referências dela na área da saúde. Ela veio para o nosso projeto político de livre espontânea vontade. Lucia é uma guerreira e por isso passei a admirá-la”, disse Zé Almeida. 


“Vejo Zé Almeida como um homem lutador. Um homem que sofreu na vida e venceu. Ele surgiu como um salvador para libertar e salvar o povo de Poço Dantas. Nós necessitamos de mudança. Nós precisamos de uma pessoa de coragem. Mudando corrige-se os erros do passado.  A mudança é Zé Almeida”, disse a agente de saúde Lúcia Nunes. 


“Na Unidade Básica de Saúde Manoel Alexandre da Silva no Distrito de São João Bosco não existe Farmácia Básica e Ambulância. Não existe medicamento para uma simples verminose”, informou a agente de saúde Maria Lúcia Nunes. 


“Costumo dizer que a cada quatro anos a população tem nas mãos o direito de escolher sua carta de alforria ou de escravidão. É sé saber usá-la”, ressalta Lúcia Nunes. 




PREFEITURA NÃO PAGA ADICIONAL DE INSALUBRIDADE E INCENTIVO ANUAL AOS AGENTES DE SAÚDE. 


“A Prefeitura de Poço Dantas não paga aos agentes comunitários de saúde o adicional de insalubridade e incentivo anual previsto na Lei 12.994, de 17 de junho de 2014.  O incentivo nunca foi repassado. Nunca recebemos um centavo. Também falta para a categoria um simples protetor solar”, denuncia a agente de saúde, Lúcia Nunes.


NA UBS DE COMUNIDADE BOA VISTA NÃO EXISTE ATENDIMENTO MÉDICO E ODONTOLÓGICO

“Visitei a Unidade Básica de Saúde Maria da Soledade Rodrigues na Comunidade de Boa Vista construída em 2017. Há mais de dois anos não existe atendimento médico e odontológico no local. A unidade de saúde é um verdadeiro elefante branco”, disse o pré-candidato Zé Almeida. 




Abdias Duque de Abrantes

Jornalista MTB-PB Nº 604

Blog do Geraldo Andrade