Denunciado na Lava-Jato, Vital do Rêgo fala em ‘surpresa’ e ‘indignação’; LEIA NOTA - BLOG DO GERALDO ANDRADE

terça-feira, 25 de agosto de 2020

Denunciado na Lava-Jato, Vital do Rêgo fala em ‘surpresa’ e ‘indignação’; LEIA NOTA

vitalDoRego JoseCruzAbr jul2012 - Denunciado na Lava-Jato, Vital do Rêgo fala em 'surpresa' e 'indignação'; LEIA NOTA

Denunciado por corrupção e lavagem de dinheiro pela força-tarefa da Operação Lava Jato por recebimento de propina enquanto era senador e presidente da Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) da Petrobras, o ministro do Tribunal de Contas da União (TCU) Vital do Rêgo disse nesta terça-feira (25) que ficou ‘surpreso e indignado’ com a operação deflagrada hoje e que tem ele como alvo.


Vital do Rêgo teve R$ 4 milhões em bens bloqueados em uma nova fase da operação, deflagrada na manhã desta terça-feira (25). Segundo a denúncia do MPF, ele recebeu R$ 3 milhões de Leo Pinheiro, então presidente da OAS, para que os executivos da empreiteira não fossem convocados para depor na CPMI e na CPI do Senado, em 2014.


Leia nota:


“O Ministro Vital do Rêgo foi surpreendido na manhã de hoje com a notícia de que procuradores da Força-Tarefa de Curitiba apresentaram denúncia nos autos de inquérito judicial que tramita há quase 5 anos e que dois procuradores-gerais da República – Rodrigo Janot e Raquel Dodge – não vislumbraram elementos para formalizar o pedido de ação penal.


Causa estranheza e indignação o fato de que a denúncia nasceu de um inquérito, aberto sem autorização do STF, Corte esta que ainda examina recurso contra a remessa da investigação para Curitiba/PR, em uma clara usurpação da competência do Supremo Tribunal Federal”, disseFonte: Polêmica Paraíba

Créditos: Polêmica Paraíba