“A política ama a traição, mas abomina o traidor” Leonel Brizola, desabafa ex- Secretário de Joca Claudino. Veja - BLOG DO GERALDO ANDRADE

sexta-feira, 8 de maio de 2020

“A política ama a traição, mas abomina o traidor” Leonel Brizola, desabafa ex- Secretário de Joca Claudino. Veja

Cidade de Joca Claudino celebra 25 anos de Emancipação ...

Falta pouco tempo para as eleições municipais, infidelidade na politica já batem a porta, e muitas novidades haverá de acontecer para o pleito eleitoral de 2020.
As chapas que se formarão para a disputa para prefeito e vereadores entrará para história com seu resultado final, adisputa na câmara municipal será mais concorrida do que nunca, o cenário politico atual mostra que pelo poder e pela  sobrevivência na politica, há políticos na cidade que são capazes de tudo, até de trair quem um dia tanto lhe ajudou, isso tão somente se manter no poder. A politica é como nuvem. O saudoso Magalhães Pinto, no entanto, já ensinava lá atrás que “política é como nuvem. Você olha e ela está de um jeito. Você olha de novo e ela já mudou, já é público alguns projetos por parte daqueles que não se doam para o pluralismo, e outros que querem entrar ou permanecer a qualquer custo”. Encarar a infidelidade politica nunca foi fácil para qualquer liderança de qualquer município por este Brasil a fora, pois entram em jogo, fatores como família, companheirismo, confiança, compromisso, cumplicidade e muito mais. É claro que é possível superar o trauma inicial, perdoar e dar continuidade à relação para que o projeto continue como planejado desde o inicio da base. Engana-se quem pensa assim… Toda traição na área da politica começa sem duvida nenhuma pela armação obscura e as vezes velada com cinismos, sarcasmo em fim o jogo sujo.
O Jogador que se escala sozinho em objetivo próprio e neste meio frequentemente financeiro e de status ao PODER. 
Fatos como estes têm acontecido com frequência em todo período eleitoral, quando cada jogador do mesmo time, sempre procura se escalar sozinho para a melhor posição, daí, começa as traições nos bastidores do executivo e legislativo para logo depois ganhar campo. 
A história politica do município de Joca Claudino está cheia de casos de políticos muito confiáveis que se revelaram em período de campanha eleitoral, disputas judiciais pelo o poder, suas verdadeiras faces e pretensões, são capazes de prejudicar os melhores aliados e amigos, e um município que tem que crescer. 
Fracassou a maioria que agiu assim são políticos que tem deixado para trás um projeto de coletividade para enfrentar a disputa do individualismo. A maioria que agiram assim fracassou, e o preço de quem prefere seguir este caminho sempre foi terminar sozinho, os exemplos  na cidade são muitos, em especial na Câmara Municipal. 
Na política, e em todas as formas de relações sociais, trair simboliza deslealdade ou infidelidade. Geralmente, o suposto traidor busca vantagens pessoais ou posições de poder. O traíra, prefere antes de tudo buscar outros lados e optar por uma traição do que rever os seus conceitos e dar um tempo e depois retornar os seus objetivos, lembrar de tudo que foi feito por ele no passado bem próximo e etc.
Por fim, A verdade sempre irá prevalecer para os verdadeiros reconhecedores de valores. Muitos Aliados políticos encorajam o outro a falar a verdade através de palavras equilibradas e  quando isso acontece, mesmo que a verdade seja desagradável, ela vem a tona , mas nunca se trai a confiança de quem sempre sonhou e trabalha para a construção de um projeto coletivo e fazer de Joca Claudino uma cidade melhor de se viver, pois a política ama a traição, mas abomina o traidor.


Autor: Cezar Campos  Ex- Secretário de Educação de Joca Claudino

Blog do Geraldo Andrade