Poço Dantas: Pré-candidata a vereadora Toinha Nunes denuncia que pessoas com suspeita de dengue têm que pagar o exame do próprio bolso - BLOG DO GERALDO ANDRADE

terça-feira, 7 de abril de 2020

Poço Dantas: Pré-candidata a vereadora Toinha Nunes denuncia que pessoas com suspeita de dengue têm que pagar o exame do próprio bolso



A agente comunitária de saúde da Comunidade Boa Vista e pré-candidata a vereadora, Toinha Nunes informa que a sua irmã Selda Maria  da Silva está com suspeita de dengue  desde  domingo,  passou por uma consulta, tomou dois soros  e a médica Amanda de Sousa Fernandes prescreveu  um exame de sorologia de dengue.
“Falei com secretaria municipal de saúde, Ana Virginia Batista Feitosa   que me encaminhou para falar com a  secretária municipal de assistência social. Depois de tudo fui informada  que teria que falar com o prefeito Dedé Cândido”, disse Toinha Nunes. 
“Alegaram que fazem a coleta e o paciente faça  o exame em unidades particulares para maior rapidez. O exame custa R$ 110,00. A paciente Selda Maria  da Silva é pobre e não tem condições de arcar com o exame”, ressalta a  agente de saúde, Toinha Nunes. 
“Sempre quando é pra fazer exame  de dengue é o paciente que tem que pagar do próprio  bolso. Não entendemos o porquê  da secretaria municipal  de saúde não se preocupar coma a realização do exame de dengue  e manda o paciente pra casa  e não faz a sorologia  e se for  coronavírus? Eis a questão”, indaga a agente de saúde Toinha Nunes. 
PORTARIA Nº 264, DE 17 DE FEVEREIRO DE 2020 DO MINISTÉRIO DA SAÚDE
A citada Portaria altera a Portaria de Consolidação nº 4/GM/MS, de 28 de setembro de 2017, para incluir a doença de Chagas crônica, na Lista Nacional de Notificação Compulsória de doenças, agravos e eventos de saúde pública nos serviços de saúde públicos e privados em todo o território nacional. A dengue é uma doença de notificação compulsória.  
Como é feito o diagnóstico da dengue?
O diagnóstico da dengue é clínico e feito por um médico. É confirmado com exames laboratoriais de sorologia, de biologia molecular e de isolamento viral, ou confirmado com teste rápido (usado para triagem).A sorologia é feita pela técnica MAC ELISA, por PCR, isolamento viral e teste rápido. Todos os exames estão disponíveis no Sistema Único de Saúde (SUS). Em caso de confirmação da doença, a notificação deve ser feita ao Ministério da Saúde em até 24 horas.
Compete ao Município a coordenação, acompanhamento e avaliação da rede de laboratórios no âmbito municipal: coleta, armazenamento e transporte adequado de amostras laboratoriais para os laboratórios de referência conforme pactuação e coordenação e execução, no âmbito municipal, de ações de diagnóstico e tratamento adequado aos pacientes com suspeita/confirmação de dengue. 


Abdias Duque de Abrantes
Jornalista MTB-PB Nº 604

Blog do Geraldo Andrade