Ministério da Saúde: PB investiga 27 casos suspeitos de coronavírus - BLOG DO GERALDO ANDRADE

domingo, 15 de março de 2020

Ministério da Saúde: PB investiga 27 casos suspeitos de coronavírus



Até o fim da tarde deste domingo (15) a Paraíba somava 27 casos suspeitos do novo coronavírus, conforme o Ministério da Saúde. Onze casos foram descartados e nenhum confirmado. Os municípios que possuem casos suspeitos são João Pessoa, Cabedelo, Cuité, Campina Grande e Bananeiras.

O Governo do Estado decretou emergência pelo coronavírus e criou um Comitê gestor de Crise. O secretário de Saúde, Geraldo Medeiros, projeto que o vírus chegará à Paraíba, inevitavelmente.

Foi disponibilizado um plantão telefônico, que funcionará 24 horas, para a população tirar as dúvidas acerca das primeiras providências em casos de suspeita do coronavírus. Os números  são: 99146-9790/99146-9250/99147-0810.

A SES também divulgou uma série de orientações à população acerca da conduta de isolamento domiciliar para casos suspeitos da Covid-19 a exemplo da limitar as atividades fora de sua casa, exceto para obter assistência médica; usar máscaras quando estiver na mesma sala com outras pessoas; lavar as mãos frequentemente e completamente com água e sabão por pelo menos 20 segundos; uso de álcool gel a 70% se não houver água e sabão e se as mãos não estiverem visivelmente sujas; evitar tocar olhos, nariz e boca; evitar compartilhar itens domésticos; e limpar superfícies como balcões, mesas, maçanetas, louças, banheiros, telefones, teclados, tablets e mesas de cabeceira pelo menos uma vez por dia. Em caso de desconforto respiratório (falta de ar) é recomendado que se procure assistência médica.

Rede hospitalar preparada – Hospitais da rede pública da Capital estão prontos para acolher possíveis casos de coronavírus. No Hospital Clementino Fraga, estão disponíveis, no primeiro momento, 18 leitos convencionais e 10 leitos de UTI; o Hospital Universitário Lauro Wanderley possui três leitos de isolamento para crianças; e o Hospital Municipal Santa Isabel reservou 12 leitos convencionais e até 10 leitos de UTI.





Fonte: Mais PB