Prefeito Bosco Fernandes teve pedido de licença negado por Câmara - BLOG DO GERALDO ANDRADE

sábado, 29 de fevereiro de 2020

Prefeito Bosco Fernandes teve pedido de licença negado por Câmara



A Câmara de Vereadores de Uiraúna se reuniu durante a manhã desse sábado (29.fev.2020) em sessão extraordinária para votar o pedido de renovação de licença do cargo, feito pelo prefeito Bosco Fernandes.

As duas bancadas, de situação e oposição, estiveram presentes, como também um grande público esteve na sessão.

O prefeito Bosco Fernandes está preso em João Pessoa desde o dia 21 de dezembro passado e já havia feito um primeiro pedido de licença por 60 dias que foi aprovado por unanimidade pela Casa Olinto Pinheiro. Desta vez os vereadores da oposição, em número de sete, votaram contra a aprovação do pedido de renovação da licença. Os quatro 
vereadores da situação votaram pela aprovação.


Votaram contra a licença: Cleidiomar; Benevenuto; Jailson Nogueira; Neto de Maro; Antônio Magalhães; Ciro Figueiredo e Amilton Fernandes. Votaram a favor: Marcondes; Mazinho da Vazante; José Fernandes e Chico Bacatela.

A mesa diretora da casa informou que uma nova sessão já está marcada para às 11h30 deste domingo (1º) para que, através de decreto, o vice-prefeito Segundo Santiago seja convocado para imediatamente assumir o cargo de prefeito, já que o município encontra-se sem gestor legal.

Pela lei orgânica do município o prefeito Bosco Fernandes tem o prazo de quinze dias para comparecer em Uiraúna e assumir a gestão municipal, sob pena de perder o cargo automaticamente. Há quem pense na possibilidade de haver uma batalha jurídica caso o prefeito Bosco perca o mandato.


Fonte: Cofemac