Falta de servidores prejudica atendimento a beneficiários do INSS PB - BLOG DO GERALDO ANDRADE

quarta-feira, 15 de janeiro de 2020

Falta de servidores prejudica atendimento a beneficiários do INSS PB



Semelhante ao que ocorre em outras partes do país, beneficiários que precisam dos serviços do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) na Paraíba têm enfrentado muitos problemas. A falta de servidores para atender o público provoca filas de espera e demora do atendimento.

Os beneficiários também reclamam do atendimento pelo telefone e através da internet. A falta de informação faz com que muitos gastem tempo entre uma agência e outra para resolver alguma pendência.

“Pelo telefone não dá certo. Querem que a gente fique acessando pelo site e e-mail. Mas tem pessoas que não sabem nem mexer com internet. Chequei aqui, eles fecharam e disseram que não têm funcionários para atender. E onde a gente vai resolver esses problemas?”, questionou Maria Moreira que desde o mês de outubro tenta atendimento para resolver a situação do benefício de um filho com deficiência.

Severino Ramos da Silva há cinco meses tenta resolver a questão da aposentadoria de Dona Salete, moradora do Colinas do Sul. Segundo ele, o problema mais sério é que o nome dela foi colocado com erro em processo de pensão por morte.

O aposentado Paulo Raimundo reconhece que os servidores do órgão têm se esforçado, mas com a defasagem no quadro de pessoal fica difícil manter uma atendimento satisfatório.

“Muitos guichês estão sem funcionários e muita gente de idade está aguardando a aposentadoria. Vai ficar mais difícil ainda para o posto do INSS. Infelizmente está um caos aqui”, enfatizou.

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) disse, nesta quarta-feira (15), que até o fim do mês, militares já estarão ajudando na força-tarefa para tentar reduzir o atraso na análise de pedidos de aposentadorias e benefícios, como auxílio-doença e o BPC (pago a idosos carentes e deficientes).

A contratação temporária de integrantes das Forças Armadas que estão na reserva foi anunciada nesta terça (14) como uma das medidas para enxugar a fila de espera no INSS (Instituto Nacional do Seguro Social).


  Fonte:Roberto Targino – Mais PB