Familiares pedem justiça pelas mortes de cinco vítimas de acidente causado por empresário sousense - BLOG DO GERALDO ANDRADE

quinta-feira, 28 de novembro de 2019

Familiares pedem justiça pelas mortes de cinco vítimas de acidente causado por empresário sousense

A reportagem do Diário do Sertão conversou com familiares das cinco vítimas fatais do acidente de trânsito registrado no dia 24 de agosto deste ano entre caminhonete e três motocicletas no quilometro 179 da BR 405, próximo ao município de José da Penha, no Rio Grande do Norte.
Quatro pessoas morreram no local do acidente: Kleverson Ryan de Almeida Araújo, de 18 anos; Fernando Fernandes Fontes, de 21 anos; Edimar Lima Morais, de 41 anos e José Loide Fontes do Rêgo, de 58 anos.
Morreu no hospital
O adolescente Fabrício Gonçalves da Costa, de 16 anos, chegou a ser socorrido ao Hospital Regional de Pau dos Ferros, no Rio Grande do Norte, mas morreu horas depois.
Cinco pessoas morreram em grave acidente (foto: arquivo familiar)
“A gente até quis acreditar que a justiça estaria sendo feita quando ele reconheceu que estava errado e se apresentou diante da justiça, porém quando veio a notícia de que ele já estaria solto, não tem mais como a gente acreditar aqui na justiça da terra”, disse a agricultura Edicarla Maria que era irmã de Edimar Lima.
A defesa
O carro envolvido no acidente era conduzido pelo empresário Francisco Gladyson Jácome de Abrantes Sarmento, residente na cidade de Sousa, Sertão paraibano. Ele fugiu do local após o acidente, mas, dias depois se apresentou à polícia e ficou preso na Colônia Penal Agrícola do Sertão em Sousa.
Familiares fizeram apelo por justiça (foto: Lucas Vieira)
Em liberdade
O empresário Francisco foi solto nesta quarta-feira (20) após determinação da comarca de Luiz Gomes, no Rio Grande do Norte. O advogado de defesa, Ozael Fernandes disse que seu cliente afirmou que é inocente:
“Ele diz abertamente que é inocente, não quis matar ninguém, foi um acidente e se sendo indignado por estar sendo denunciado por homicídio doloso”, destacou o advogado.
Acidente aconteceu entre carro e três motos
O caso está sendo investigado pela Polícia Civil.
DIÁRIO DO SERTÃO